Prefeita Fátima cobra recursos do governo federal para obras emergenciais contra enchente

  • 16/05
  • Região
  • Administrador

A prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, destaca que as demandas emergenciais de Novo Hamburgo contra as cheias já estão com o governo federal. “Agora é preciso a liberação imediata dos recursos pela União para as ações e obras”, enfatizou Fátima, preocupada com atrasos, uma vez que há cidades que enfrentaram a enchente do ano passado que ainda aguardam ações anunciadas pelo governo federal. Fátima vem contando com apoio do presidente nacional do MDB, Balei Rossi, nas demandas hamburguenses e envolve ministros como Jader Filho (das Cidades), Renan Filho (Transportes) e Simone Tebet (Planejamento e Orçamento).

Fátima lembra que o dique e também a casa de bombas é uma estrutura construída pelo governo federal na década de 1970 e abandonada ao final dos anos 1980, obrigando as prefeituras a assumirem sua manutenção. O Rio dos Sinos transbordou sobre o dique na enchente do início do mês, represando as águas no bairro Santo Afonso e em São Leopoldo.

A prefeita já apresentou pedidos de R$ 8,5 milhões para medidas emergenciais para tirar as águas represadas no bairro Santo Afonso, o que inclui a contratação de bombas flutuantes, geradores, combustíveis e tubos PEAD para transpor a água sobre o dique até o rio. Além disso, há ainda pedido de R$ 9 milhões para obras fundamentais na Casa de Bombas, que foi inundada com a enchente. Além, naturalmente, de investimentos para obras definitas em todo o sistema contra as cheias do Rio dos Sinos, que precisa ser redimensionado a partir desta nova realidade criada pela enchente e pelas mudanças climáticas. O Município também está com demandas envolvendo reconstrução de escolas, postos de saúde e moradias destruídas pela enchente.

Atendimento Via WhatsApp
Olá!👋Faça seu pedido estamos esperando por você. 🤝